Ebooks

Sumi por aqui né? Trabalho + Mestrado dá nisso.. hehe

Recebi no meu leitor de feeds essa notícia bem interessante: um livro sem páginas.
A Papercut e a UsTwo, companhias sueca e inglesa respectivamente, se uniram para repensar no design dos livros digitais. A grande “vantagem” de se ter um livro digital é que ele não possui páginas, então por que os livros digitais tentam imitar os livros de papel, em sua estrutura linear e pouco interativa? Pensando nisso, estas duas companhias queriam desenvolver um conceito de ebook que se libertasse da ideia de páginas. O resultado disso, foi a criação de uma plataforma de edição destinada a produzir ebooks que permitissem ricas experiências por parte de seus leitores.

O texto não está mais apresentado como se fossem páginas em um livro, mas desliza verticalmente pela tela e desencadeia eventos relacionados com o conteúdo. O sistema pode exibir imagens, vídeo, texto, som ou animações. As duas empresas estão esperando para ver como seu novo conceito de livros digitais enriquecidos serão recebidos pelos leitores para decidir se irão comercializar ou não a plataforma de edição.

Eu sou muito conservadora em relação aos livros, mas achei a ideia bem interessante.

Li a notícia aqui: http://www.enssib.fr/breves/2011/09/19/un-livre-sans-pages