[Desafio Livrada 2015] Eu, robô, de Isaac Asimov

Confesso que ficção científica nunca foi um dos meus gêneros literários favoritos.
Não que eu tenha tentado ler vários livros, mas a temática em si nunca me atraiu.
Tentei seguir na linha de “livros que tenham na biblioteca” e peguei Neuromancer, do William Gibson.
Comecei o primeiro capítulo, e não entendi muita coisa. Tentei reler o capítulo de novo, mas já estava achando chato e cansativo.
Aí como a leitura não fluía, resolvi procurar algo nos livros que tenho no Kobo, e me deparei com Eu, robô, do Isaac Asimov.
Eu já tinha assistido o filme e tinha gostado bastante, mesmo sem lembrar nada da história.

asimovEntão, para minha surpresa o filme é apenas uma adaptação livre do livro.
Sim!! Nada de Will Smith aqui huahauha
Mas eu não lembro nada do filme, então pra mim deu quase na mesma.
O livro é na realidade uma coletânea de nove contos que foram publicados originalmente entre os anos 1940 e 1950 nas revistas americanas: Super Science Stories e Astounding Science Fiction. Durante a década de 1950, foram revistos e compilados para serem publicados como um livro.
Os nove contos contam a história da robótica na Terra através das memórias da Dra. Susan Calvin, a robopsicóloga-chefe da U.S. Robots and Mechanical Men Inc., que está sendo entrevistada para um jornal.
É neste livro também que aparece pela primeira vez as três leis da robótica:

  • 1ª Lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por inação, permitir que um ser humano sofra algum mal.
  • 2ª Lei: Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.
  • 3ª Lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou Segunda Leis.

Os contos estão dispostos em ordem cronológica, sendo eles:

  • Robbie
  • Brincando de Pique
  • Razão
  • Pegue aquele coelho!
  • Mentiroso!
  • Pequeno Robô perdido
  • Fuga!
  • Prova
  • O Conflito Evitável

O primeiro conto, Robbie, se passa no início da era robótica, quando os robôs ainda são mudos e só fazem pequenas tarefas, como cuidar de crianças, e vão se desenvolvendo até o último conto, em que o planeta Terra é governado e administrado a partir da previsão de 4 grandes robôs, conhecidos como as Máquinas, e que ditam o funcionamento da produção, consumo e emprego da mão-de-obra.

eu-robc3b4-ediouroMeu conto favorito é Mentiroso! (Liar!, no original), que conta a história de Herbie (robô modelo RB-34), um robô que devido a uma falha em sua produção acaba desenvolvendo habilidades telepáticas. Enquanto os três maiores especialistas em robôs da U.S. Robots and Mechanical Men Inc. tentam descobrir o que houve de errado na produção e o que gerou essa anormalidade robótica, Herbie conta a cada uma delas o que os outros estão pensando, gerando confusões e desentendimentos. O mais interessante é ver como funciona a lógica das leis robóticas estabelecidas por Asimov, e como tudo se resolve a base de pensamento lógico.

Não vou me alongar mais que isso.
Mas é um ótimo livro!!!
Recomendo que leiam, mesmo não gostando de ficção científica hehe

E vamos pra próxima categoria: 4 – um livro escrito antes do século 20 😀

Anúncios
1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: